Sim, eu sei. Você não gosta de resoluções de começo de ano. Nem eu. Você já tentou antes e não foi bem-sucedido. A mesma coisa comigo. Por isso mesmo que, em 2016, eu optei por não fazer uma lista de propósitos para o ano. Eu decidi começar um projeto para levar para a vida toda. É um projeto pessoal e se chama #eumelhor. Tenho um único objetivo em mente: me aperfeiçoar, evoluir. Nessa corrida, corro comigo mesma, ouço minha respiração, respeito meu ritmo. Não tenho competidores. Não há primeiro lugar, não há disputa, nem derrota. Há apenas um vontade de crescer.

detox 21 dias eu melhor inspire 2

E meu primeiro desafio desse projeto é um detox geral. Um detox de corpo, alma e espírito! Porque eu quero abrir espaço para coisas boas e novas na minha vida, quero eliminar toxinas, maus hábitos… tudo que suga a minha energia e me impede de seguir adiante.

Por que 21 Dias?

Existe uma crença de que 21 dias seriam suficientes para consolidar um novo hábito. Essa prática estaria enraizada em conceitos de sabedoria antiga, ensinados na Índia e outras culturas milenares. Na década de 60, um médico deu força a essa teoria. Mas, na realidade, hoje sabemos que esse período de tempo, pode ser suficiente para a aquisição de hábitos mais simples, como beber um copo de água após o café da manhã. No entanto, pra tornar um hábito mais complexo, como a prática de atividades físicas, algo natural pra você, seria preciso mais tempo. Algo em torno de 3 meses, segundo o psicólogo Jeremy Dean, um estudioso do assunto. Tem um artigo da Revista Galileu interessante sobre esse assunto aqui.

Mas, como precisamos de um ritual para poder marcar e dar significado à uma mudança, eu optei por esse ciclo de 21 dias. A ideia é fazer um detox mais radical nesses 21 dias e me reavaliar após esse período. Há hábitos que quero manter pra vida, já há outras coisas que planejo não abandonar de vez, como consumir açúcar (sim, eu sou uma formiguinha, praticamente, rs!). A ideia é tentar voltar a consumir com mais moderação, após essa experiência de detox, hehe! Nada impede de, de tempos em tempos, revisitar esse projeto, sempre que eu precisar fazer um “restart”. ;)

detox 21 dias eu melhor inspire 4

Plano de Detox em 21 Dias

1. Limpar meu coração – examinar o coração pra ver se há alguma mágoa ou sentimento negativo guardado e liberar perdão. A ideia é abrir espaço para poder exercitar gratidão e contentamento.

2. Detox espiritual – separar 20 minutos por dia para leitura da Bíblia, oração e comunhão com Deus. Não basta alimentar o corpo e a mente, é preciso também nutrir o espírito. Existe um app excelente que me ajuda muito a manter uma disciplina diária em relação a isso, o The Bible App. Você pode fazer um plano de leitura, marcar as passagens mais relevantes pra você, ou ouvir as mensagens bíblicas, onde estiver.

3. Meditação – separar 10 minutos por dia para meditar. A meditação tem inúmeros efeitos benéficos comprovados, como relaxamento, redução do stress, aumento da sensação de bem estar geral. Meditar promove sensação de lucidez, calma e centramento, o que é excelente para a tomada de decisões. Muitas religões pregam essa disciplina. Mas, essa é uma prática que a Bíblia nos recomenda há milênios, para esvaziarmos a mente de pensamentos superficiais e negativos e focarmos em coisas que edificam. Também é uma ferramenta eficaz de auto-conhecimento.

4. Dizer não – É preciso dizer não aos jogos emocionais que pesam seu coração, a atividades que ocupam espaço na sua agenda e impedem produtividade. Eu, já evoluí muito nesse sentido, mas ainda preciso me aperfeiçoar na arte de dizer um bom “não”, quando preciso.

5. Parar de olhar a grama do vizinho e me focar no meu jogo – A grama do vizinho parece sempre estar mais verde, especialmente, na timeline alheia. Não é produtivo ficar se comparando a ninguém. Cada pessoa tem algo que a destaca, alguma aptidão especial. A ideia é me concentrar no que eu faço bem e em como eu posso ser melhor do que eu fui ontem.

6. Não dar ibope para negatividade – O país está em crise, o dólar só sobe, mimimi. Verdade. Mas, coisas boas também acontecem e são elas que eu quero propagar. Especialmente, como formadora de opinião, quero ser um canal para anunciar positividade e boas notícias. Preciso olhar para cima, com esperança.

7. Cortar maus hábitos pela raiz  – Voltando a falar em hábitos, há estudos que dizem que é necessário 60 dias para abandonar de vez um mau costume. Mas, temos que começar em algum dia, não é mesmo? Hoje é um ótimo dia. Você sabe qual hábito pode estar atrapalhando a sua saúde, minando a sua energia, ou roubando a sua produtividade. Eu sei quais são os meus. Já os reconheci e listei direitinho, o que já é um começo. Sugiro que você faça o mesmo. Eu, por exemplo, tenho um hábito de comer um docinho à tarde… É de lei. Mea culpa, hehe. Seria bem melhor substituir o doce por uma fruta.

8. Limpar minha agenda – retirar atividades que não acrescentam em nada. Fazer melhor uso do meu tempo, delegar o que for possível. Abrir espaço para atividades boas, como fazer atividade física com regularidade.

9. Eliminar práticas que roubam produtividade – Trabalhar com mil abas abertas na tela do computador, dando uma conferidinha, ora no Face, ora no Instagram… Que mal há nisso, minha gente? Muito mal, se você quer se focar e ser mais efetivo no trabalho.

10. Jogar fora papéis, tralhas e objetos acumulados – É comum esperar a Primavera pra dar uma arrumada geral, mas acho legal começar o ano desentulhando a vida. No meu escritório, então, os papéis parecem se multiplicar!

11. Limpar armários e doar roupas e objetos sem uso – minha inspiração são os armários-cápsula que diversas blogueiras de moda têm apregoado. Acho que ainda não consigo chegar ao grau de despreendimento desses seres iluminados, mas posso começar eliminando peças de vestuário que não usei nos últimos seis meses. Parece justo pra mim. E pra você?

12. Reduzir consumo – Essa é mais uma meta que eu tenho, naturalmente, buscado. Consumo consciente. Comprar o necessário, e não por impulso, ou para descarregar potenciais carências emocionais ou para seguir modinhas. Comprar de produtores locais, de marcas sustentáveis.

13. Usar menos maquiagem – Vou instituir a “Make up less Tuesday”. Porque sim. Porque eu posso me sentir confortável com a minha própria pele. Porque, já é um dia a menos livre das químicas dos produtos de beleza convencionais.

14. Abandonar hábitos não sustentáveis, como deixar a água da torneira do banho correndo, a torneira da pia de louça aberta. Quero reduzir consumo de papel e produzir menos lixo.

15. Detox de mídias sociais e de TV – Vou estabelecer um horário para desligar minhas mídias, já que TV eu já não assisto mesmo. Nada de passar horas conferindo as novidades stalkeando o povo no Instagram, hehe! Vou colocar como meta ler um livro (que não seja no celular, que não seja infantil). Obrigada. De nada. Além disso, somos submetidos, todos os dias, a uma imensa quantidade de irradiação, de todos os tipos, que tem efeitos muito nocivos à saúde. Que tal começar a deixar o celular longe da sua cabeceira enquanto dorme?

16. Não trabalhar na madrugada – meu objetivo é tentar dormir o máximo possível por noite. Eu ainda amamento o Mateus, então, minhas noites são muito agitadas. Além disso, nos intervalos em que ele dorme, aproveito pra trabalhar. De manhã, as crianças estão de pé, e eu perdi minha oportunidade de dormir um pouco, pelo menos. Afinal, essa rotina é extremamente deletéria pra saúde. Preciso mudar isso.

17. Recarregar energias positivas em contato com a natureza: praia, cachoeira, trilhas, campos, grama… Incluir uma atividade ao ar livre por dia.

18. Eliminar açúcar  – Essa é uma meta que pretendo levar à risca pelos próximos 21 dias apenas. A ideia, depois, é tentar reintroduzir açúcar, com moderação, e em formas mais saudáveis, como mel, agave, talvez até açúcar mascavo orgânico… Mas, acredito que esses dias de disciplina vão ser muito bons para diminuir a minha dependência de açúcar. Vamos ver. Oremos.

19. Evitar alimentos com conservantes, agrotóxicos e químicos – O Brasil é campeão em consumo de agrotóxicos. Cada brasileiro consome 5L deles a cada ano. Eu e você, nossos filhos também. E metade dos agrotóxicos usados aqui são proibidos na UE e nos EUA. Agrotóxicos causam intoxicações agudas e crônicas e aumentam o risco de câncer. Você pode se informar mais sobre essa questão aqui. Conservantes também são vilões que estão associados a alergias, distúrbios gástricos e aumento da incidência de câncer. Vamos dar preferência a alimentos orgânicos e naturais, livres de conservantes, corantes e tudo o que não é comida de verdade, ok?

20. Abolir refrigerantes e bebidas processadas – Isso eu já fiz. Meu próximo passo é reduzir o consumo de sucos e dar preferência a água e chás. Os sucos têm índice glicêmico mais alto do que a fruta inteira e não devem ser consumidos a toda hora.

21. Abolir consumo de carne vermelha – Essa é uma resolução pessoal, que pode não ser necessária para você. Mas, eu descobri que estou com um tumor benigno no ovário. E estou tomando uma série de providências e buscando várias mudanças de estilo de vida, para tentar uma abordagem mais holística, no meu tratamento. Há vários estudos que relacionam o consumo exagerado de carne vermelha a aumento de neoplasias (veja comentários sobre um deles aqui). Então, minha decisão é tentar eliminar carne vermelha nesse período e depois tentar reduzir ao máximo o consumo. Eu já quase não consumo carne vermelha, via de regra, e cada vez mais percebo benefícios quando abro mão desse alimento.

22. Abolir consumo de lactose – Essa é outra meta alimentar que pode não valer pra você. Mas, mesmo que você não seja intolerante à lactose, como eu, pode se beneficiar de um tempo de detox e avaliar como seu organismo se comporta sem esse componente na sua dieta. No meu caso, eu também já detectei uma intolerância à proteína do leite (que é um grande alergeno em potencial), então, vou evitar leite e derivados sempre que puder. Essa é outra meta difícil pra mim, pois eu amo um queijo, ai…

Mulheres Que Comem - GIFMANIA

23. Eliminar glúten – Pode parecer modinha, afinal está todo mundo aderindo à dieta sem glúten. Mas, o fato é que há evidências científicas que mostram que pode haver indivíduos não celíacos que sofrem de diferentes graus de sensibilidade ao glúten. Esse ótimo artigo fala sobre isso. Eu já sei que o glúten não me faz bem (além de ser endocrinologista, fui avaliada por um outro colega e uma nutricionista), por isso minha meta é reduzir bastante esse componente na minha dieta. Agora, para saber se o glúten faz mal para você e para ter uma recomendação dietética feita sob medida, você precisa consultar um médico especialista e um nutricionista, combinado?

detox 21 dias eu melhor inspire 5

Como Começar

– Eu sugiro que você tire uma semana antes, para escrever, dentre essas metas que eu listei, quais você deseja incorporar no seu Detox. Você precisa se examinar para avaliar o que vai funcionar pra você, o que precisa mudar, que hábitos precisa eliminar…

– Para as mudanças de hábito alimentar, organize um cardápio e prepare a sua despensa, para não cair em tentação! Rsrs!

– Faça uma avaliação com equipe multidisciplinar, para determinar melhor as suas metas de saúde, de forma personalizada.

– Instale apps e busque recursos tecnológicos para se manter no foco.

– Mantenha um diário e registre sua evolução, a cada dia.

– Compartilhe seus resultados.

É sempre mais fácil caminhar quando a gente divide com outra pessoa os desafios. Eu quero dividir o meu projeto com vocês, pra gente ir mais longe juntos! Quem vem comigo? Vou mostrar pra vocês um pouco dos meus 21 dias de Detox Geral e do meu projeto #eumelhor no Instagram e no Snapchat. Se você quiser aderir ao projeto, não esquece de compartilhar seu progresso, usando a mesma hashtag? Assim, a gente se anima mutuamente e dá força uma pra outra? Que tal? <3

Beijos de quem quer melhorar, sempre. :* #eumelhor #inspireeumelhor #eumelhor2016